No dia 9 de dezembro de 2020 o Conselho Regional de Economia de Minas Gerais (Corecon-MG) realizou remotamente a cerimônia de premiação do XXXII Prêmio Minas de Economia, promovido em parceria com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). O evento foi transmitido ao vivo pelo canal do Conselho no YouTube.

O Prêmio Minas de Economia contempla as três melhores monografias de conclusão dos cursos de graduação em Ciências Econômicas e em Relações Econômicas Internacionais, produzidas e aprovadas em faculdades mineiras. Neste ano, as inscrições ocorreram virtualmente entre os dias 3 de agosto de 23 de outubro de 2020.

A 32ª edição do prêmio recebeu indicação de 21 trabalhos, pelas Universidades Federais de Juiz de Fora (UFJF), Minas Gerais (UFMG), Montes Claros (Unimontes), São João Del Rei (UFSJ), Uberlândia (UFU), Viçosa (UFV), dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) e pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas).

As monografias vencedoras, escolhidas por comissão julgadora composta de três professores doutores, fizeram jus a prêmios de R$ 8.000,00 (1º lugar), R$ 5.000,00 (2º lugar) e R$ 2.000,00 (3º lugar). Foram elas: “Desastres ambientais justiça e mercado acionário: avaliação do impacto do rompimento da barragem de mariana”, de Tiana de Paula Assis (UFJF); “Concentração espacial dos agentes do sistema financeiro nacional em Minas Gerais no ano de 2017: uma análise exploratória de dados espaciais”, de Aleff Neivisson Ferreira Lopes (Unimontes); e “Efeito de transtorno depressivo no consumo de produtos do tabaco”, de Laís de Sousa Abreu Soares (UFV).

O trabalho “O Impacto Da Transição Demográfica Nos Homicídios Brasileiros: Uma Análise Dos Municípios Entre 1996 E 2017”, de Gabriel Kapitizki Alves de Oliveira (UFMG), recebeu a menção honrosa.

Sobre a premiação

Desde 1998, o Prêmio Minas de Economia é realizado anualmente pelo Corecon-MG, sempre com participação e apoio do BDMG, sendo um dos mais importantes e esperados concursos voltados para tal público. Seu objetivo é incentivar a produção acadêmica no nível de graduação em nosso estado, estimulando os estudantes a dedicarem mais esforço e apuro em suas pesquisas e reconhecendo os produtos finais desse empenho, de modo a cumprir um papel educativo e cultural.

Cerimônia virtual: XXXII Prêmio Minas de Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *