O Conselho Federal de Economia (Cofecon) anunciou na tarde de ontem (8) os vencedores do Desafio Quero Ser Economista 2020. Os dois primeiros lugares da competição, que levam para casa prêmios de R$ 1,5 mil e R$ 1 mil, respectivamente, foram ocupados pelas estudantes mineiras Lidia Nataly Santos Sousa e Sarah Emanuelle Duraes Damasceno.

A primeira colocada, Lidia Nataly, tem 17 anos e é natural de Belo Horizonte. Atualmente, ela cursa o 3º ano do Ensino Médio no Instituto Federal de Minas Gerais, onde também faz curso técnico em Administração. Durante uma aula sobre noções de economia, a professora comentou sobre o desafio, despertando o interesse da aluna em participar.

Segundo Lidia, o tema que escolheu para seu desafio final foi uma das novidades que descobriu durante a competição, aumentando ainda mais sua afinidade com as Ciências Econômicas. “Meu vídeo foi sobre economia comportamental. Não sabia muito sobre o assunto, mas vi em uma das tarefas e adorei. Meu interesse em economia aumentou, principalmente, por causa desse tema”, relata.

Ao finalizar o Ensino Médio, Lidia planeja fazer faculdade, e parte do prêmio que ganhou vai justamente para sua preparação. “Gosto muito da área de Relações Econômicas Internacionais e pretendo seguir no campo da diplomacia. Com o prêmio, vou investir em cursos on-line e materiais para o vestibular”, explica.

Já a aluna Sarah Emanuelle, que ficou na segunda posição, mora na cidade de Catuni, distrito de Francisco Sá, no Norte de Minas. Ela cursa o 1º ano do Ensino Médio na Escola Estadual Cordiolino Souza Santo, e também ficou sabendo do desafio por indicação de um professor. A aluna, que diz ter ficado surpresa com sua colocação, abordou a economia criativa em seu desafio final.

“Nunca tinha me interessado por essa área, mas conforme completava as missões diárias, fui criando gosto e passei a achar tudo muito interessante. Desde criança, sempre pensei em ser médica, mas depois de participar do desafio, também considero a economia como uma opção”, conta Sarah.

Além dos primeiros lugares, Minas Gerais também marcou presença na 10ª colocação, representada pelos estudantes Emily Natasha e João Paulo Viana. Ambos dividiram a posição com Estêvão Moraes, do Pernambuco, e Lana Moraes, do Amazonas.

Confira o ranking completo dos dez primeiros colocados na competição:

1º – Lidia Nataly Santos Sousa (MG)
2º – Sarah Emanuele Duraes Damasceno (MG)
3º – Gabriel Arcanjo de Souza (PE)
4º – Claysa Milena (SE)
5º – Paulo Lucas Silvera (CE)
6º – Giovana Alegre (SP)
7º – Gabriela Lima (SP)
8º – Dienifer da Silva (RS)
9º – Felipe Cavalcante (DF)
10º – Emilly Natasha (MG), Estêvão Moraes (PE), João Paulo Viana (MG) e Lana Moraes (AM)

Sobre o Desafio

O Desafio Quero Ser Economista é uma competição 100% virtual promovida anualmente pelo Cofecon. Voltada para alunos do Ensino Médio de todo o Brasil, acontece através de vídeos interativos, enigmas e missões que são disponibilizados em site próprio e redes sociais. Através desses desafios, os participantes não somente concorrem a prêmios em dinheiro, mas aprendem conceitos básicos das Ciências Econômicas, de maneira simples e divertida. Em 2020, a competição ocorreu entre os dias 4 e 29 de maio e contou com mais de 800 inscritos em todo o Brasil, dentre os quais 57 são de Minas Gerais.

Estudantes mineiras vencem edição 2020 do Desafio Quero Ser Economista
Tags:                                     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *